1. Skip to Menu
  2. Skip to Content
  3. Skip to Footer

Informativo CEA

CONSCIÊNCIA NEGRA

Zumbi

Dia 20 de novembro celebramos nacionalmente o Dia da Consciência Negra, que faz eco à memória do maior símbolo da resistência negra no país, Zumbi dos Palmares, assassinado em 20 de novembro de 1695. Todo ano, nessa data, dá-se início também à Campanha Internacional dos 21 Dias de Ativismo pelo Fim da Violência contra as Mulheres. Um e outro fato guarda proximidade evidente, se considerarmos que as mulheres negras são as mais vulneráveis à violência contra as mulheres no Brasil.

Ativismo 21dias

Encontramos na Literatura Portuguesa uma personagem que nos faz entender a importância de celebrarmos a consciência negra.

É o negro Furunando, da tragicomédia Frágua d’Amor escrita em 1525 pelo dramaturgo Gil Vicente. Furunando pretendia namorar uma mulher branca, por isso resolveu entrar na Frágua para que fosse forjado conforme o seu gosto: “Faze-me branco rogo-te homem” (415), “Branco como ovo de galinha” (v. 441), “Faze-me os beiços delgados, te rogo” (419), “Faz o nariz mui delgado e formoso meu dedo” (v.444-445). Não obstante o corpo e os traços de sua fisionomia tenham se tornado brancos, Furunando deu-se conta que continuava falando a “fala de guiné”, um registro não culto do português que era falado pelos negros presentes no território português: “Se a mi negro falai / a mi branco para qué? / Se fala meu é negregado / e nam fala português / para qué mi martelado?” (v. 473-477). Diante do fato de haver se tornado um homem branco com vestígios de negritude, Furunando se desespera, porque a mulher branca lhe perguntará: “bai bai / tu sá home ó sá riabo?” e a mulher negra lhe dirá: ”sá chacorreiro”.

Autoestima negra

Através do drama de Furunando, entendemos o quão é preciso fortalecer a autoestima de toda a negritude e isso se alcança despertando a consciência da dignidade própria da pessoa negra. Não é admissível que ainda hoje haja negr@s que se violentem para caberem em paradigmas sociais que não reconhecem a beleza de nada relativo à negritude. A igreja cristã tem um papel muito importante a desempenhar nessa tarefa, recordando a filiação comum do gênero humano a Deus Pai/Mãe, bem como refletir sobre o quão somos precios@s diante de Deus, a ponto de sermos beneficiári@s da redenção de Jesus, indiscriminadamente. Podemos, inclusive, incluir os elementos da afro-descendência em nossas liturgias e nos integrarmos a atividades que favoreçam a equidade racial no Brasil.

Rev. Adriano Portela dos Santos, Diocese Anglicana do Recife.

Adicionar comentário


Código de segurança
Atualizar

Novidades CEA

A Igreja - Uma Visão Ecumênica…

AMAZÔNIA e o ANGLICANISMO…

AMAZÔNIA e o ANGLICANISMO

stron;  Nacional de Educação Teol…

Leia mais > AMAZÔNIA e o...

Uma Nova Publicação do CEA - SET/2015…

Uma Nova Publicação do CEA - SET/2015

UMA NOVA PUBLICAÇÃO DO CEA - MISSÃO QUE

Read More...

Livro: A Igreja Militante…

Livro: A Igreja Militante

A Igreja MilitanteN. Duval da Silva 2…

Read More...

Livro: As Santas Escrituras…

Livro: As Santas Escrituras

As Santas EscriturasRoberto C. Dentan…

Read More...

Destaque CEA

IEAB…

IEAB

Conheça o site da IEAB - Igreja Epis…

Leia Mais > IEAB…

Calendário de Assessorias e Projetos Diocesanos 2014…

Calendário de Assessorias e Projetos Diocesanos 2014

A seguir publicamos o Calendário de Asse

Leia Mais > Calendário...

Comunhão Anglicana…

Alterações canônicas para a Educação Teológica na IEAB…

Alterações canônicas para a Educação Teológica na IEAB

[+] Acesse aqui as Mudanças Canônicas...…

Leia Mais > Alterações...

Curso em EAD…

Curso em EAD

    Conheça nos Cursos de Formação…

Leia Mais >Curso em...

Últimos Comentários

  • Novo site, novos tempos
    João Maciel João Maciel
    Olá Equipe do CEA, gostaria de parabenizar a todos que estão nesta missão de partilha do conhecimento ...

    Leia mais ...

     
  • Deixe seu Comentário
    Alessandra Alessandra
    Paz e amor elisandrotc@gmail.com

    Leia mais ...

     
  • História do CEA
    manicure manicure
    Good post. I learn something new and challenging on sites I stumbleupon everyday. It will always ...

    Leia mais ...

© 2013-2017 Centro de Estudo Anglicanos - CEA. Todos os direitos reservados.

Desenvolvimento e Hospedagem de Sites

Salvar

Salvar