1. Skip to Menu
  2. Skip to Content
  3. Skip to Footer

Simpósio de Teologia Anglicana

Em 2004, deu-se o primeiro Simpósio de Teologia Anglicana do Brasil.  Clique nos lik abaixo para ter acesso aos arquivos do simpósio.

Iº SIMPÓSIO ACADÊMICO DE TEOLOGIA ANGLICANA NO BRASIL

MEMÓRIA DO SIMPÓSIO

Data: 13 a 16 de Julho de 2004 Local: Londrina - Paraná (Hotel Sumatra)

Dia 13 de Julho de 2004

COMEÇA O SIMPÓSIO

Cerca de setenta pessoas atenderam à convocação do CEA e se reuniram a partir de ontem no Hotel Sumatra, em Londrina, para o 1º Simpósio Acadêmico de Teologia Anglicana no Brasil. Os primeiros participantes começaram a chegar já na 2a feira à noite. A maioria chegou na 3a feira pela manhã.

O Bispo Primaz da IEAB, Dom Orlando Santos de Oliveira, declarou ao chegar, que sua expectativa em relação a este Simpósio é de que o ‘simpósio possa marcar um tempo novo na IEAB. No passado existiram alguns simpósios que reuniam só o clero, mas não um simpósio de aprofundar teologicamente toda essa natureza da igreja. Toda essa questão da inclusividade é algo novo... Tenho esperança de que toda essa presença aqui de lideranças que são encarregados da educação teológica... sinaliza pra igreja uma grande responsabilidade, pois esse simpósio, além de aprofundar as pessoas numa atualização teológica também coloca para estas pessoas e renova as suas responsabilidades, da tarefa que eles tem... de que a teologia se faz com todo o povo da igreja, é o ministério de todos os cristãos. E esse povo todo cristão precisa ser capacitado, e a tarefa nossa é de socializar isso. Então eu espero que este simpósio possa dar a todo este povo que está aqui, que são lideranças, professores, coordenadores de centros diocesanos, possam realmente ajudá-los na tarefa de colocar para o povo da igreja que está sentado lá no banco todo Domingo de manhã, a possibilidade de uma recepção mais terna.

TRABALHO DAS COMISSÕES

Após o almoço se reuniram para trabalhos específicos, a Comissão de Sistematização e redação do documento do Simpósio, coordenada pelo Rev. Elias Vergara. Também houve reunião da Comissão de Liturgia do Simpósio, coordenada pelo Capelão, Rev. Stephen Taylor. A Comissão Executiva da JUNET (Junta Nacional de Educação Teológica), presidida por Dom Hiroshi Ito também teve uma reunião extraordinária.

Celebração Eucarística na abertura do Simpósio

Às 16 horas, todos os participantes se reuniram para a celebração eucarística de abertura, presidida por Dom Orlando Santos de Oliveira e acolitada pela Revda. Carmem Etel.

Acolhida dos participantes

Após a celebração, o Coordenador do CEA deu as boas vindas aos participantes e leu a sua mensagem de saudação. Seguida por informações diversas da organização do evento e palavras de saudação do Bispo Presidente da JUNET, Dom Hiroshi Ito. Leia palavra de Saudação do Rev. Calvani - Coordenador do CEA

PRIMEIRA SESSÃO

Após o jantar, os participantes se reuniram para a primeira sessão, coordenada por Dom Maurício Andrade, bispo da Diocese Anglicana de Brasília e da JUNET. Antes o Bispo da Diocese hospedeira, Dom Naudal Alves Gomes proferiu suas palavras de saudação. A conferência de abertura foi proferida pelo Rev. Dr. Carlos Eduardo Brandão Calvani. Intitulada “O mito da comunhão anglicana – entre a inclusividade e a mediocridade”, o conferencista situou o tema no contexto maior da Comunhão Anglicana e destacou a ambigüidade da palavra “inclusividade”. A conferência foi seguida por um comentário do Primaz da IEAB, Dom Orlando Santos de Oliveira. Dia 14 de Julho de 2004

BÍBLIA E TEOLOGIA FORAM OS TEMAS CENTRAIS DO 2° DIA DO SIMPÓSIO

Após a Oração Vespertina, dirigida pela Revda. Inamar de Souza e Rev. Stephen Taylor, Dom Sebastião Gameleira, bispo da Diocese Anglicana de Pelotas, coordenou a segunda sessão do Simpósio. A palestra da manhã, “Inclusividade e exclusivismo na Bíblia” foi proferida pelo Rev. Humberto Maiztegui Gonçalves, professor do SETEK. O conferencista propôs uma abordagem bíblica destacando os sinais de inclusividade no Antigo Testamento e na prática de Jesus. Na reação, o convidado Rev. Dr. Julio Zabatiero (EST) apontou algumas possibilidades e dificuldades do conceito de inclusividade.

TRABALHO EM GRUPOS

Após um momento de intervalo, os participantes foram divididos em quatro grupos para reflexão e trouxeram ao plenário suas considerações para debate. A 2a sessão encerrou-se ao meio-dia.

TERCEIRA SESSÃO

Às 14 horas, iniciou-se a terceira sessão, coordenada por Dom Jubal Pereira Neves, bispo da Diocese Sul-Ocidental (Santa Maria, RS). A conferência foi proferida pelo Rev. Dr. Jaci Maraschin, seguida pela reação do convidado Paulo Couto Teixeira (Mosteiro da Anunciação). Após um breve intervalo, os grupos voltaram a se reunir, trazendo considerações para o debate em plenário. A 3a sessão encerrou-se às 17:30.

COMUNICAÇÕES CIENTÍFICAS NA QUARTA SESSÃO

Após a conferência houve um momento de comunicações científicas com partilha de pesquisas teológicas concluídas ou em andamento. A sessão foi coordenada pelo Rev. Carlos Eduardo Calvani e contou com cinco comunicações: A inclusividade anglicana e a noção complexa de sistema aberto (Rev. Ms. Jorge Aquino) As rupturas axiológicas da globalização e o mundo da exclusão das grandes concentrações urbanas latino-americanas( Rev. Dr. José de Deus Luongo da Silveira) A influência do judaísmo e dos cristãos-novos na formação sócio-cultural brasileira (Rev. Luis Alberto Barbosa) Eucaristia: mistério de Deus (Rev. Ramacés Hartwig) Mitologia: O sonho coletivo dos povos – uma leitura psicanalítica de Gênesis (Rev. Elias Vergara) Inclusividade, modernidade e diferença (Frederico Pieper Pires, UMESP)

ENCERRAMENTO DOS TRABALHOS DO DIA

O dia terminou com o ofício de completas, presidido pelo Rev. Eduardo Coelho Grillo, Rev. Ramacés Hartwig, e Revmo. Bispo Dom Almir dos Santos. Para o Revmo. Dom Filadelfo Oliveira “é muito importante quando a igreja se reúne para discutir temas importantes como o da inclusividade, entretanto estamos ainda muito distantes de um ideal, percebemos que as divergências no seio da igreja ainda trazem muitas controvérsias. O respeito ao diferente é algo que precisa ser aprendido. Dentre as atividades do dia, o momento mais rico se deu nos grupos de discussão, onde as pessoas puderam expor suas ansiedades, suas dúvidas e suas queixas. Quanto as palestras do período da tarde, os temas abordados foram de grande importância, entretanto acredito que houve muita agressividade na forma de exposição.” Para o seminarista Senomar Teixeira, de Recife, “entre os que pensam de modos diferentes foi percebido que existem muito mais convergências do que divergências. Isso constrói o sentimento de comunhão. A sede de discutir outros temas como os índios, os negros, a exclusão social, ultrapassando o tema monotipado da homossexualidade, pode contribuir para que a igreja avance em direção a todo povo e não apenas às minorias.”

Dia 15 de Julho de 2004

INCLUSIVIDADE E ÉTICA

O 3° dia do Simpósio começou com Oração Matutina, presidida pelo Rev. Enrique Illarze e Revda. Carmem Etel. Às 08:30, Dom Celso Oliveira Franco, bispo da Diocese Anglicana do Rio de Janeiro, coordenou a 5a sessão de trabalhos. A conferência principal: “Inclusividade e Ética” foi proferida por Dom Luis Osório Pires Prado, reitor do Seminário Teológico Egmont Kriscke, de Porto Alegre. A reação foi feita pelo Rev. Dr. Zwínglio Mota Dias, pastor da IPU e professor da Universidade Federal de Juiz de Fora. Após breve intervalo, houve novo trabalho em grupos seguido por debate em plenário. A 5° sessão encerrou-se às 12:00 horas.

QUESTÕES PASTORAIS

Os trabalhos da tarde foram coordenados por Dom Glauco Soares de Lima. A conferência principal, “Inclusividade na Pastoral”, foi proferida por Dom Sebastião Gameleira Soares, bispo da Diocese Anglicana de Pelotas. Depois os grupos se reuniram, seguido por debate em plenário

COMUNICAÇÕES CIENTÍFICAS

Das 16:30 às 17:45, o Rev. Humberto Maiztegui Gonçalves coordenou a mesa de comunicações científicas. Houve mais cinco comunicações: Adolescentes e Igreja (Paulo Fernando Della-Dea, EST) Teologia da Missão na IEAB – uma abordagem didático-etnográfica (Revda. Lílian Conceição da Silva) As funções litúrgicas das Ordens Sagradas ao longo da história com particular ênfase no anglicanismo (Rev. Enrique Illarze) Sexualidade e religião (Ingrit Jampietri Paiva) Pessoas portadoras de deficiência: questionamento vivo a inclusividade eclesial e social (Rev. Ives Vergara Nunes) Liturgia e missão na perspectiva feminista (Revda. Carmem Etel Alves Gomes)

LANÇAMENTO DE CD COM RESPONSOS LITÚRGICOS

O Centro de Estudos Anglicanos ofereceu a todos os participantes um CD com responsos e cantos eucarísticos compostos pelo Rev. Flávio Irala. O Rev. Calvani apresentou o trabalho justificando que o CEA é uma instituição que não se preocupa apenas com suas atribuições específicas da produção e partilha do conhecimento teológico, mas com a renovação da Igreja em todas as áreas, incluindo a prática litúrgica. ir para a página do CD

REVISTA INCLUSIVIDADE HOMENAGEIA O REV. JACI MARASCHIN

Após o lançamento do CD, o Rev. Calvani chamou à frente o Rev. Jaci Maraschin para receber a Revista Inclusividade 8 escrita em sua homenagem. O CEA entregou também a todos os participantes o último número da Revista Inclusividade, com o tema “Jaci Maraschin: 50 anos de ministério ordenado”. ir para Inclusividade

DIOCESES DE TODO O PAÍS HOMENAGEIAM O DR. MARASCHIN

Na oportunidade, o Rev. Maraschin foi presenteado com lembranças trazidas das dioceses em sinal de gratidão ao seu ministério.

CONFRATERNIZAÇÃO E COQUETEL

A noite terminou com um coquetel de confraternização oferecido a todos os participantes

Dia 16 de Julho de 2004

SIMPÓSIO SE ENCERRA COM RECOMENDAÇÕES

A última sessão do 1º Simpósio de Teologia Anglicana no Brasil se iniciou às 08:30h, coordenada pelo Rev. Carlos Eduardo Calvani. A Comissão se Sistematização formada pelos Revds. Elias Vergara, Ramacés Hartwig e Jorge Aquino apresentou a versão inicial do documento do simpósio para debate em plenário. Após um tempo de discussões, decidiu-se acrescentar mais duas pessoas: Revds. Eduardo Grillo e Gustavo Gilson de Oliveira, e que teriam um mês para redigir o documento. O momento seguinte foi reservado para a avaliação do Simpósio e considerações finais por todos os participantes. A palavra foi franqueada ao representante da ASTE, Rev. Fernando Bortoletto. Falaram ainda Pe. Audinei (Pastoral de Ecumenismo-Diocese de Umuarama), e Paulo Couto Teixeira (Mosteiro de Anunciação).

DOM FILADÉLFO PRESIDE CELEBRAÇÃO EUCARÍSTICA DE ENCERRAMENTO

Após um breve intervalo, os participantes se reuniram para a celebração eucarística de encerramento, presidida por Revmo. Dom Filadélfo Oliveira Neto, bispo-sulfragâneo da Diocese Anglicana do recife. Utilizou-se o “rito de Caaporâ”, em literatura de cordel.

PRIMAZ DÁ ENTREVISTA À TV LOCAL

Durante o almoço, o Revmo Bispo Primaz Dom Orlando Santos ainda deu uma entrevista ao vivo ao noticiário estadual da Rede Globo de Televisão, em que foram apresentados os objetivos, e as linhas gerais do 1º Simpósio de Teologia Anglicana. Falou também um pouco sobre o conceito de Inclusividade e da importância de uma ação pastoral eficaz que privilegie o tema do simpósio.

DESPEDIDAS

Após o almoço, os participantes começaram a partir para suas respectivas cidades e estados levando consigo o desafio de aprofundar ainda mais o conceito de inclusividade na pastoral em suas comunidades e nas academias de ensino teológico, pedindo desde já um 2º Simpósio em breve.

ENCAMINHAMENTOS FINAIS

O CEA se encarregará de logo enviar a todos os participantes um Kit de áudio e vídeo para as dioceses contendo uma edição completa das palestras, reações, plenárias, celebrações, coquetel, confraternização e outros momentos.

Aguardem...

Novidades CEA

A Igreja - Uma Visão Ecumênica…

AMAZÔNIA e o ANGLICANISMO…

AMAZÔNIA e o ANGLICANISMO

stron;  Nacional de Educação Teol…

Leia mais > AMAZÔNIA e o...

Uma Nova Publicação do CEA - SET/2015…

Uma Nova Publicação do CEA - SET/2015

UMA NOVA PUBLICAÇÃO DO CEA - MISSÃO QUE

Read More...

Livro: A Igreja Militante…

Livro: A Igreja Militante

A Igreja MilitanteN. Duval da Silva 2…

Read More...

Livro: As Santas Escrituras…

Livro: As Santas Escrituras

As Santas EscriturasRoberto C. Dentan…

Read More...

Destaque CEA

IEAB…

IEAB

Conheça o site da IEAB - Igreja Epis…

Leia Mais > IEAB…

Calendário de Assessorias e Projetos Diocesanos 2014…

Calendário de Assessorias e Projetos Diocesanos 2014

A seguir publicamos o Calendário de Asse

Leia Mais > Calendário...

Comunhão Anglicana…

Alterações canônicas para a Educação Teológica na IEAB…

Alterações canônicas para a Educação Teológica na IEAB

[+] Acesse aqui as Mudanças Canônicas...…

Leia Mais > Alterações...

Curso em EAD…

Curso em EAD

    Conheça nos Cursos de Formação…

Leia Mais >Curso em...

Últimos Comentários

  • Novo site, novos tempos
    Saulo Mauricio de Barros Saulo Mauricio de Barros
    Caro Arthur, Obrigado pelo comentário. Esperamos continuar trabalhando para transformação dos reinos ...

    Leia mais ...

© 2013-2014 Centro de Estudo Anglicanos - CEA. Todos os direitos reservados.

Desenvolvimento e Hospedagem de Sites