1. Skip to Menu
  2. Skip to Content
  3. Skip to Footer

Informativo CEA

Outubro: Mês das Vocações na IEAB

02102018

Agradecemos a Diocese Anglicana de Brasília pelos estudos bíblicos AQUI disponibilizados.

Como cristãs anglicanas somos pessoas que reconhecemos o chamado diário e contínuo de RUAH para que demos testemunho de sermos canais de bênçãos e não de maldição.

Semanalmente, há algum tempo, uma pequena parcela do Povo de Ruah, a Missão da Liberdade, de Jaboatão dos Guararapes/Pernambuco, da Diocese Anglicana do Recife, tem orado a coleta pelas vocações do Livro de Oração Comum, confiando na renovação do chamado divino a cada qual das pessoas partícipes dessa comunidade, mas também da Diocese Anglicana do Recife e de toda Igreja Episcopal Anglicana do Brasil.

Que vocação é chamado decorrente de uma escuta atenta aos sopros de Ruah é sabido por toda a Igreja. No entanto, é fundamental que se saiba também quais as implicações desse chamado.

Certa feita, o Arcebispo anglicano sul-africano Desmond Tutu, em uma entrevista concedida a BBC de Londres, relatou como o testemunho de alguém consciente de ser vocacionado por Ruah, fê-lo ouvir o chamado de Ruah em sua própria vida, lançando luzes sobre o que é esperado de alguém que responde sim ao chamado de Ruah:

 Perguntado pela BBC para identificar o momento decisivo de sua vida, o Arcebispo Desmond Tutu falou do dia em que ele e sua mãe estavam andando na rua. Tutu tinha nove anos de idade. Um homem branco alto vestido em um terno preto veio em direção à sua mãe e ele. Nos dias do regime de Apartheid, quando uma pessoa negra e uma branca se encontravam enquanto caminhavam por uma rua, esperava-se que a pessoa negra saísse da calçada para permitir que a pessoa branca passasse e assentisse com a cabeça como um gesto de respeito. Mas naquele dia, antes que Tutu e sua mãe pudessem sair da calçada, o homem branco desceu da calçada e quando sua mãe e ele passassem, inclinou o chapéu em sinal de respeito a ela. O homem branco era Trevor Huddleston, um sacerdote anglicano que se opunha ferrenhamente contra o Apartheid. Isso mudou a vida de Tutu. Quando sua mãe lhe disse que Trevor Huddleston havia saído da calçada porque ele era um homem de Deus, Tutu encontrou seu chamado. “Quando ela me disse que ele era um sacerdote anglicano, decidi que queria ser um sacerdote anglicano também. E o que é mais, eu queria ser um homem de Deus ”, disse Tutu. Huddleston mais tarde se tornou um mentor de Desmond Tutu e seu compromisso com a igualdade de todos os seres humanos, por acreditar que todos foram criados à imagem de Deus, foi um dos principais impulsionadores da oposição de Tutu ao Apartheid.

O testemunho de sacerdócio comprometido com a transformação de estruturas injustas da sociedade promove serviço/poder que gera transformação de vidas. O relato atesta que a vivência do chamado de Ruah na vida de Huddleston, pessoa consagrada ao sacerdócio de Ruah, despertou a escuta da criança Tutu, que mais adiante se tornou um dos maiores líderes religiosos da atualidade.

Reconhecendo a importância do tema “vocação”, o Centro de Estudos Anglicanos, com o aporte financeiro da Junta Nacional de Educação Teológica, está em fase de finalização da organização do Livro “33 Anos de Ordenação Feminina na IEAB: contribuições e experiências pastorais das mulheres ordenadas”, que coleta biografias de mulheres vocacionadas por Ruah ao ministério ordenado, com intenção de que esses relatos e testemunhos sejam inspiração para outras vocações, ordenadas e laicas, em nossa IEAB.

Responder à vocação de Ruah é acolher e aceitar seu chamado para viver o serviço/poder que transforma vidas.

Que em outubro, mês das vocações, a Igreja esteja ainda mais atenta aos sopros de Ruah, que diuturnamente segue chamando seus filhos e suas filhas para que sejam consagradas ao serviço/poder que transforma vidas!

Revda. Dra. Lilian Conceição da Silva

Adicionar comentário


Código de segurança
Atualizar

Novidades CEA

A Igreja - Uma Visão Ecumênica…

AMAZÔNIA e o ANGLICANISMO…

AMAZÔNIA e o ANGLICANISMO

stron;  Nacional de Educação Teol…

Leia mais > AMAZÔNIA e o...

Uma Nova Publicação do CEA - SET/2015…

Uma Nova Publicação do CEA - SET/2015

UMA NOVA PUBLICAÇÃO DO CEA - MISSÃO QUE

Read More...

Livro: A Igreja Militante…

Livro: A Igreja Militante

A Igreja MilitanteN. Duval da Silva 2…

Read More...

Livro: As Santas Escrituras…

Livro: As Santas Escrituras

As Santas EscriturasRoberto C. Dentan…

Read More...

Destaque CEA

IEAB…

IEAB

Conheça o site da IEAB - Igreja Epis…

Leia Mais > IEAB…

Calendário de Assessorias e Projetos Diocesanos 2014…

Calendário de Assessorias e Projetos Diocesanos 2014

A seguir publicamos o Calendário de Asse

Leia Mais > Calendário...

Comunhão Anglicana…

Alterações canônicas para a Educação Teológica na IEAB…

Alterações canônicas para a Educação Teológica na IEAB

[+] Acesse aqui as Mudanças Canônicas...…

Leia Mais > Alterações...

Curso em EAD…

Curso em EAD

    Conheça nos Cursos de Formação…

Leia Mais >Curso em...

Últimos Comentários

  • Novo site, novos tempos
    João Maciel João Maciel
    Olá Equipe do CEA, gostaria de parabenizar a todos que estão nesta missão de partilha do conhecimento ...

    Leia mais ...

     
  • Deixe seu Comentário
    Alessandra Alessandra
    Paz e amor elisandrotc@gmail.com

    Leia mais ...

     
  • História do CEA
    manicure manicure
    Good post. I learn something new and challenging on sites I stumbleupon everyday. It will always ...

    Leia mais ...

© 2013-2017 Centro de Estudo Anglicanos - CEA. Todos os direitos reservados.

Desenvolvimento e Hospedagem de Sites

Salvar

Salvar