1. Skip to Menu
  2. Skip to Content
  3. Skip to Footer

Informativo CEA

Água, uma questão bioética

(O dia 22 de maio é a data escolhida pela Organização das Nações Unidas – ONU, como Dia Mundial da Biodiversidade, para celebrar e chamar a atenção do mundo para a importância da diversidade biológica.  E como sem água não há biodiversidade, trazemos o necessário relato da participação anglicana do Fórum Mundial das Águas 2018).
         "Água que nasce na fonte serena do mundo
          E que abre um profundo grotão
          Água que faz inocente riacho
          E desagua na corrente do ribeirão ...”    (Guilherme Arantes)

1 Carmen Regina Dom Naudal Kamui Dan WapichanaO Fórum Alternativo Mundial da Água (FAMA) 2018, reuniu milhares de pessoas representantes de organizações e lideranças de projetos, que estão acontecendo no mundo inteiro. Foi um espaço de reflexões e decisões urgentes que precisam acontecer em cada lugar onde existe grupo de pessoas, seja na família, na escola, na igreja, na vizinhança, no bairro, nas instituições, nas cidades, nas universidades, nos países, nos continentes, no mundo. Água, direito não mercadoria, este é o foco das ações a partir deste importante evento.

2 Dom Naudal e Salette Aquino

O que vivenciamos em Brasília, na semana de 17 a 22 de março de 2018, em cada momento de relatos, painéis, testemunhos, registros, dados assustadores foram revelados, por  coordenadores e líderes de projetos, que visam transformar a realidade de dominação das nascentes, aquíferos, rios, lagos, mares, e a partir dessas práticas, amenizar, organizar  e conscientizar as populações que sofrem, ou aquelas, que  ainda nem percebem ou vivem, as consequências da violência ao meio ambiente, exercida no uso indevido da água pelas grandes corporações.

 

O que mais impressionou nas falas de líderes das organizações populares presentes no FAMA, entre elas os povos indígenas, foi a compreensão clara do problema que estamos vivendo, a consistência de argumentação, principalmente de uma geração jovem, inclusive pré adolescentes e crianças, estudantes de escolas próximas às barragens, mineradoras e agronegócio,  onde suas famílias foram e são ainda atingidas com os efeitos destruidores e violentos ao meio ambiente, causados pelas grandes concentrações urbanas, a irrigação que consome 70% da agua doce, o abusivo uso de poluentes e a privatização da água, que retira do povo o direito de usufruir deste recurso, a não ser mediante compra.

O ciclo das águas, se bem compreendido e respeitado, garante a água doce do planeta e a vida de rios, lagos e aquíferos, é um ciclo contínuo, e a natureza é sábia. Então, porque o problema está aí, presente, e é urgente?

A água, é o foco maior das empresas transnacionais do ramo, que formam uma Oligarquia Internacional da Água e DOMINAM os espaços geográficos sem o devido respeito que a NATUREZA precisa para sua integridade e equilíbrio.

Paralelo ao FAMA aconteceu o Fórum Mundial da Água, este reuniu representações das corporações a quem interessa a privatização da Água. Um Fórum que mascara as consequências dos desastres ambientais a favor do mercantilismo, com um discurso conforme os interesses do capital, tornando a humanidade refém de mitos e meias verdades a respeito das águas, inutilizadas para consumo humano e animal, o desmatamento interesseiro e desequilibrado, a falta de acesso à água potável para 1,2 bilhões de pessoas no mundo e 2,4 bilhões ao saneamento básico (Organização das Nações Unidas para a Alimentação e Agricultura- FAO).

Para vencer a escassez é preciso o desenvolvimento da "cultura da água" no cuidado com mananciais, respeitando os limites de rios e aquíferos e a vegetação de cada bioma, e o aproveitamento de cada gota de água, sabendo como reutilizá-la, esta é a grande esperança para que a água seja preservada como direito, como um bem público, a toda a humanidade. Água é VIDA, sem ela a vida não é VIDA!!!

Carmen Regina Duarte Gomes

Naudal Alves Gomes

Adicionar comentário


Código de segurança
Atualizar

Novidades CEA

A Igreja - Uma Visão Ecumênica…

AMAZÔNIA e o ANGLICANISMO…

AMAZÔNIA e o ANGLICANISMO

stron;  Nacional de Educação Teol…

Leia mais > AMAZÔNIA e o...

Uma Nova Publicação do CEA - SET/2015…

Uma Nova Publicação do CEA - SET/2015

UMA NOVA PUBLICAÇÃO DO CEA - MISSÃO QUE

Read More...

Livro: A Igreja Militante…

Livro: A Igreja Militante

A Igreja MilitanteN. Duval da Silva 2…

Read More...

Livro: As Santas Escrituras…

Livro: As Santas Escrituras

As Santas EscriturasRoberto C. Dentan…

Read More...

Destaque CEA

IEAB…

IEAB

Conheça o site da IEAB - Igreja Epis…

Leia Mais > IEAB…

Calendário de Assessorias e Projetos Diocesanos 2014…

Calendário de Assessorias e Projetos Diocesanos 2014

A seguir publicamos o Calendário de Asse

Leia Mais > Calendário...

Comunhão Anglicana…

Alterações canônicas para a Educação Teológica na IEAB…

Alterações canônicas para a Educação Teológica na IEAB

[+] Acesse aqui as Mudanças Canônicas...…

Leia Mais > Alterações...

Curso em EAD…

Curso em EAD

    Conheça nos Cursos de Formação…

Leia Mais >Curso em...

Últimos Comentários

  • Novo site, novos tempos
    João Maciel João Maciel
    Olá Equipe do CEA, gostaria de parabenizar a todos que estão nesta missão de partilha do conhecimento ...

    Leia mais ...

     
  • Deixe seu Comentário
    Alessandra Alessandra
    Paz e amor elisandrotc@gmail.com

    Leia mais ...

     
  • História do CEA
    manicure manicure
    Good post. I learn something new and challenging on sites I stumbleupon everyday. It will always ...

    Leia mais ...

© 2013-2017 Centro de Estudo Anglicanos - CEA. Todos os direitos reservados.

Desenvolvimento e Hospedagem de Sites

Salvar

Salvar