1. Skip to Menu
  2. Skip to Content
  3. Skip to Footer

Informativo CEA

Campanha 16 + 5 Dias de Ativismo pelo Fim da Violência Contra as Mulheres

HOMENS PELO FIM VIOLENCIA

Os “16 dias de ativismo pelo fim da violência contra as mulheres” teve início em 1991, quando mulheres, reunidas pelo Centro de Liderança Global de Mulheres (CWGL), promoveram debates e formalizaram denúncias sobre as formas de violências que mulheres e meninas em todo o mundo têm sofrido. A Campanha ganhou adesão mundial e acontece anualmente do dia 25 de novembro a 10 de dezembro, com o propósito de mobilizar e engajar diversos atores da sociedade civil organizada e o poder público.

O Brasil aderiu à campanha em 2003, onde passou a ser chamada 16+5 ao acrescentar o dia 20 de novembro, Dia da Consciência Negra. A data foi incorporada à campanha para denunciar a intersecção de gênero e raça, que torna as mulheres negras mais vulneráveis à violência.

A campanha agrega datas específicas de cada país nos quais ela acontece. O Brasil, por exemplo, apresenta um calendário de lutas e mobilizações que tem por objetivo promover espaços de diálogos, fortalecendo laços para a denúncia e o enfrentamento das violências vividas pelas mulheres e que começa no dia 20 de novembro (Consciência Negra) e se estende até 10 de dezembro (Declaração Universal dos Direitos Humanos).

Os 16+5 dias de ativismos compõem um período com cinco datas emblemáticas na luta pelos Direitos Humanos.  É importante que mulheres e homens de todas as idades se envolvam nessa mobilização, compreendendo que essa é uma luta de todas as pessoas.

25 de novembro: Dia Internacional da Não-Violência Contra as Mulheres.

“ Se me matam, levantarei os braços do túmulo e serei mais forte”[1].

Diante do contexto de violências em que vivem mulheres e meninas em todo o mundo, a Organização das Nações Unidas, em 1999, estabeleceu o “25 de novembro, como o Dia Internacional da Não-Violência Contra a Mulher”. A data foi escolhida em homenagem as irmãs Pátria, Minerva e Maria Teresa conhecidas como “Las Mariposas”[2]. As três irmãs lutavam contra a ditadura militar na República Dominicana e foram assassinadas a mando do ditador Rafael Leônidas Trujillo, no dia 25 de novembro de 1960.

Irmãs Mirabal Las Mariposas
Las Mariposas

No Brasil as violências contra as mulheres sempre estiveram presentes, inclusive durante a ditadura militar, a exemplo da presidenta Dilma Rousseff e tantas outras militantes políticas que foram torturadas e/ou assassinadas. Contudo, o enfrentamento à violência de gênero ganhou visibilidade nos anos 80 do século passado, através dos movimentos sociais e do fomento de políticas públicas, como por exemplo, a criação das Delegacias Especializadas de Atendimento à Mulher (DEAM). Na década de 1990 a violência baseada no gênero ganhou força nas discussões acadêmicas e em 2006 foi criada a Lei Maria da Penha (Lei nº 11.340/2006), a primeira lei exclusivamente em defesa das mulheres, no Brasil.

Sulamita: “Eu sou mulher negra e formosa, porque o sol resplandeceu sobre mim.”

sulamita

Novembro, Mês da Consciência Negra, é ocasião para repensarmos nossos aprendizados sobre esse Livro e a tentativa constante da maioria das tradições cristãs de silenciar ou invisibilizar duas questões importantes no escrito: a negritude da principal personagem e o amor Eros evidenciado no texto.

Sulamita, protagonista do Livro “Cântico dos Cânticos”, no Antigo Testamento da Bíblia Sagrada, mulher negra, cuja negritude não costuma ser evidenciada pela maioria das igrejas cristãs, é a personagem que aqui exalto para enegrecer sua identidade de jovem mulher negra, e sua iniciativa e protagonismo na vivência da plenitude do amor por seu amado.

CONSCIÊNCIA NEGRA

Zumbi

Dia 20 de novembro celebramos nacionalmente o Dia da Consciência Negra, que faz eco à memória do maior símbolo da resistência negra no país, Zumbi dos Palmares, assassinado em 20 de novembro de 1695. Todo ano, nessa data, dá-se início também à Campanha Internacional dos 21 Dias de Ativismo pelo Fim da Violência contra as Mulheres. Um e outro fato guarda proximidade evidente, se considerarmos que as mulheres negras são as mais vulneráveis à violência contra as mulheres no Brasil.

Ativismo 21dias

Encontramos na Literatura Portuguesa uma personagem que nos faz entender a importância de celebrarmos a consciência negra.

Margarida, Hilda e Isabel

Eu canto a glória das grandes santas,
Filhas do nosso Deus,
Que lutaram sempre com amor
Por Cristo, o Salvador.
Entre as santas de Deus houve nobres e rainhas,
Soldadas, juízes que tratam de leis...
Houve grandes doutoras e muitas heroínas...

Estas são algumas linhas do Hino 331, “Os santos de Deus”, do nosso Hinário Episcopal, adaptadas para as santas, naturalmente sem a preocupação com a métrica.

De fato, entre as santas de Deus houve pessoas de todos os tipos, classe social e dons. Falaremos aqui de três delas.

Margarida da Escócia, Reformadora e Testemunha Profética (16 de novembro)

Margarida

Noite de Autógrafos

Convite Noite de Autografos Final

A Junta Nacional de Educação Teológica (JUNET), através do Centro de Estudos Anglicanos (CEA), tem a satisfação de convidar para a NOITE DE AUTÓGRAFOS do Livro OS GÊNEROS DA ESCOLA: e o (im)possível silenciamento da diferença no currículo, com a presença de uma das organizadoras Profa. Dra. Anna Luiza A. R. Martins de Oliveira.

Data: 26 de novembro de 2018.
Hora: 19h30.
Local: SETEK, Rua Ludolfo Bohel, 278
         Teresópolis - Porto Alegre/RS.

Acompanhe as novidades, informações e os destaques do Centro de Estudos Anglicanos - CEA, pelo site e suas redes sociais:

www.centroestudosanglicanos.com.br
www.facebook.com/CentroEstudosAnglicanos
instagram.com/centroestudosanglicanos

Dia de Todos os Santos e Todas as Santas

TODOSOSSANTOS

Festum Omnium Sanctorum: um convite a comunhão das santas e dos santos de todo o dia.

O Dia de Todos os Santos e Todas as Santas, é uma festa da Igreja de Cristo, que no Brasil não tem esta conotação de festa. Há quem diga que é por não ser um dia feriado ou talvez, por ser imediatamente antes do dia de finados que além de feriado, tem na cultura popular uma força e importância muito grande. A verdade, porém, é que estes dois dias estão muito ligados.

O Dia de Todos os Santos e Santas, é celebrado anualmente em 1º de novembro em todo o Ocidente, enquanto nas igrejas do oriente, a comemoração acontece no primeiro domingo após o Pentecostes, e é reconhecida por várias denominações cristãs como católicos romanos, ortodoxos, anglicanos e luteranos.

Um pouco de História
Há diferentes versões sobre o surgimento da festa de Todos os Santos e Todas as Santas. Talvez a mais antiga e popular seja que mesmo antes de existir um dia instituído para homenagear os santos e santas, principalmente mártires, já existia o costume de se celebrar uma missa em honra de santos e santas mártires em alguns locais. Provavelmente, isso acontecia devido ao fato de ter sido frequente o hábito de martirizar grupos inteiros de cristãos num único local. Assim, existe um registo datado do século IV, que se refere a celebração de um dia comum para todos os mártires em Antioquia, no primeiro domingo depois do Dia de Pentecostes. Dia em que ainda hoje é comemorado por parte das igrejas cristãs orientais.

Novidades CEA

Panfleto: Mistério da fé – Série Liturgia II - Dom Sumiu Takatsu…

Reflexões Nº8 – Centro de Estudos Anglicanos…

Reflexões Nº8 – Centro de Estudos Anglicanos

ões da Conferência de Lambeth 199

Read More...

Reflexões Nº6 – Centro de Estudos Anglicanos…

Reflexões Nº6 – Centro de Estudos Anglicanos

ia Anglicana: Evolução, Diversidad

Read More...

Reflexões Nº7 – Centro de Estudos Anglicanos…

Reflexões Nº7 – Centro de Estudos Anglicanos

Comunhão e Compaixão - Lambeth

Read More...

Livro: Herdeiros da Fé…

Livro: Herdeiros da Fé

Herdeiros da Fé Livro do Professor…

Leia Mais > Livro:...

Destaque CEA

IEAB…

IEAB

Conheça o site da IEAB - Igreja Epis…

Leia Mais > IEAB…

Calendário de Assessorias e Projetos Diocesanos 2014…

Calendário de Assessorias e Projetos Diocesanos 2014

A seguir publicamos o Calendário de Asse

Leia Mais > Calendário...

Comunhão Anglicana…

Alterações canônicas para a Educação Teológica na IEAB…

Alterações canônicas para a Educação Teológica na IEAB

[+] Acesse aqui as Mudanças Canônicas...…

Leia Mais > Alterações...

Curso em EAD…

Curso em EAD

    Conheça nos Cursos de Formação…

Leia Mais >Curso em...

Últimos Comentários

  • Novo site, novos tempos
    João Maciel João Maciel
    Olá Equipe do CEA, gostaria de parabenizar a todos que estão nesta missão de partilha do conhecimento ...

    Leia mais ...

     
  • Deixe seu Comentário
    Alessandra Alessandra
    Paz e amor elisandrotc@gmail.com

    Leia mais ...

     
  • História do CEA
    manicure manicure
    Good post. I learn something new and challenging on sites I stumbleupon everyday. It will always ...

    Leia mais ...

© 2013-2017 Centro de Estudo Anglicanos - CEA. Todos os direitos reservados.

Desenvolvimento e Hospedagem de Sites

Salvar

Salvar